Home Alzira Dinelli A SINDROME DO PÂNICO e os FLORAIS

A SINDROME DO PÂNICO e os FLORAIS

A cada dia aumenta o número de pessoas que estão diagnosticadas com síndrome de pânico.
Como e por que ela se manifesta?
O pânico se manifesta em pessoas de qualquer idade, mas todas tem algo em comum:
O padrão da cobrança, da perfeição, do certinho, do tem que.
A correria em que o homem vive nas últimas décadas tem proporcionado o seu distanciamente do Eu Interior.
Tudo é direcionado para fora, para o externo, para o outro.
Quando deixamos de Ser, há uma perda de identidade e então o pânico se manifesta.
Vejamos os sintomas:

  • dor no peito ou desconforto, angustia
  • tontura, desmaio
  • Medo de morrer
  • Medo de perder o controle ou de uma tragédia iminente
  • Sensação de engasgar
  • Sentimentos de indiferença
  • Sensação de estar fora da realidade
  • Náuseas ou mal-estar estomacal
  • dormencia ou formigamento nas mãos, nos pés ou no rosto
  • Palpitações, ritmo cardíaco acelerado ou taquicardia
  • Sensação de falta de ar ou sufocamento
  • Suor, calafrios ou ondas de calor
  • Tremores

O tratamento com florais devolve o ritmo à pessoa que se encontra nesse padrão.
Resgata a sua importancia, a sua força, a sua Divindade.
Elimina vibrações negativas no entorno, tanto criadas como recebidas.

Alguns dos florais para o tratamento são:
Panicum
Focum
Populus Panicum
Capim Luz

Lembrando sempre que apesar de se tratar de um problema comum a muitas pessoas,
através da radiestesia temos a possibilidade de captar a causa profunda e eliminá-la.

 

Cada Ser é um Universo.

Alzira Dinelli
Radiestesista e Terapeuta floral (Sistema St Germain)
e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Banner